quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Vanessa Paradis fala pela primeira vez sobre separação de Johnny Depp.


Atriz e cantora francesa deu entrevista à revista 'Elle' francesa.
Encarar uma separação nunca é fácil, ainda mais se você está rompendo com um dos maiores astros de Hollywood. No caso, Johnny Depp. Sua ex-mulher, a atriz e cantora Vanessa Paradis, foi questionada sobre uma possível reconciliação pela edição francesa da revista "Elle", a primeira publicação com quem ela falou após o novo estado civil (eles romperam em junho).
Enquanto ele estaria disposto a tê-la de volta, ela foi categórica: "Não quero falar sobre ele. Quem disse que os artistas devem vender suas almas e expor tudo sobre nós mesmos? É meu dever promover um filme e meus discos, mas você pode imaginar como é ruim as pessoas fazendo negócio com sua dor. O que aconteceu a nós é um problema nosso".
Mas a reportagem da revista não se intimidou com o fora e quis saber como ela está enfrentando o fim de seu casamento. "Não tenho a receita da felicidade, mas acho que o motor a manutenção do desejo. É não se sentir obrigado ou forçado ou se repetir. Odeio, por exemplo, as pessoas que ficam dizendo que 'você tem que trabalhar pelo casal durante o relacionamento'. Não, você tem que querer estar lá. E, no meu caso, eu quero estar aqui onde estou agora", desabafou.
O ex-casal divide a guarda das crianças, Lily-Rose, de 14 anos, e Jack, de 10, enquanto a atriz de 39 fica um tempo na França, onde nasceu, e os Estados Unidos, onde as crianças estudam, em Los Angeles, nos Estados Unidos. "Meus filhos estão crescidos já e estão mais independentes. Minha filha ama cantar também. Jack é um guitarrista", babou a mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário